O Padrão das Teigas é um padrão de medida, em pedra, que se encontra no interior da Igreja de S. Miguel do Castelo. É um bloco de granito grosseiramente talhado com duas cavidades desiguais que comunicam com o exterior por um orifício com o respetivo canal.

A palavra "teigas", de origem árabe. deriva de “talica” que significa “saco”, “bolsa” ou “surrão”, ao que tudo indica esteve sempre mais ligada à área galaico-portuguesa.

Trata-se de uma medida antiga, muito usada na idade média, e que tem uma grandeza muito variável. Os monarcas da época da reconquista tinham o hábito de dar medidas mais pequenas às novas povoações conquistadas e, pelo facto de não existir legislação que determinasse o seu valor, muitas injustiças e abusos foram ocorrendo. Segundo o Abade de Tagilde, uma das primeiras povoações a receber um padrão de medida foi Guimarães com o chamado “Padrão das Teigas”.