Reza a tradição que S. Lucas foi o autor das três primeiras representações iconográficas da Virgem com o Menino, sendo que, numa delas, conhecida como a Virgem da Ternura, Mãe e Filho são apresentados encostando os rostos com afeto.

Nesta pintura, a ternura entre Mãe e Filho está bem patente no unir dos rostos, na mão do Menino que afetuosamente a pousa junta ao rosto da Mãe e na mão da Virgem que O ampara. Ambos irradiam luz e olham para nós, concedendo-nos a sua divina proteção.

O Menino está nu, aconchegado ternamente pela Mãe dentro de um pano branco. A senhora enverga veste de cor vermelha, caindo-lhe sobre a cabeça e os ombros um manto de cor azul escuro, debruado a ouro.

Mãe e filho encontram-se coroados, simbolizando deste modo a sua divina realeza.
 A Virgem e o Menino coroados