“Deus não podia estar em todas as partes ao mesmo tempo e por isso criou as Mães”
(Ditado antigo, autor anónimo)

Maio é o mês das flores, de Maria, e por isso, de todas as Mães. Desenvolveu-se a tradição de, no primeiro domingo do mês de Maio, celebrar o dia da Mãe. Nada melhor que celebrar a nossa Mãe, escolhendo, de entre a vasta coleção do Paço dos Duques de Bragança, esta belíssima escultura, em calcário policromado, representando a Virgem com o Menino.

Nela podemos ver Maria representada como Mãe e como Rainha.
Como Mãe, numa clara demonstração humana de um dos gestos mais maternais que existe: o “pegar ao colo” do Menino, com os dois braços, como sinal de presença constante, de abrigo e de conforto. Como Rainha, ostentando Maria uma coroa e vestindo um traje rico do século XVI.

A equipa do Paço dos Duques de Bragança une os seus votos e envia, através da escolha deste mês, um abraço terno, não apenas às nossas ou às que nos visitam, mas a todas as Mães do Mundo!