Estes conjuntos, tradicionalmente denominados "Garniture-de-Cheminée", são geralmente compostos por um número ímpar de peças. Tal como o seu nome indica, eram destinados para a guarnição da prateleira por cima da lareira. A partir do século XVIII passaram a ser usados também para adornar os grandes armários expositores oriundos dos Países Baixos, que detinham um entalhe específico no remate da cornija para colocar estes conjuntos, com decoração semelhante e geralmente com um número ímpar de peças.

Composto por três potes e duas jarras altas, esta guarnição foi moldada numa porcelana pesada muito branca e revestido com um vidrado brilhante incolor, exceto no encaixe da aba e da tampa e na base do pé. A decoração está pintada a azul-cobalto sob o vidrado.